Campos do Jordão - Onde comer e se divertir?

Nós já falamos sobre onde ficar em Campos do Jordão, agora vamos falar do que importa: onde encher a pancinha?? 😝

Como eu disse no último post, Campos do Jordão é um turismo gastronômico. Então é importante você investir bem o seu tempo em restaurantes e bares legais, que te passem a experiência de como é estar nesse pequeno pedaço da Europa de São Paulo e que, logicamente, façam o seu estômago feliz! Afinal, você está viajando para uma cidade gastronômica, você não vai fazer regime, certo? Não agora pelo menos!

Uma coisa que você precisa saber: os restaurantes, se não forem especializados em algum tipo de culinária em especial, vão ter no cardápio basicamente: porções, sopas, caldos e fondues. O lance é saber qual o melhor custo benefício e onde eles são mais gostosos, além de ter um bom atendimento. Então estou listando para vocês os meus preferidos nas andanças turísticas pela cidade!


Anota as dicas para você saber quais os lugares legais para comer bem e passar o tempo em Campos! E lembre-se: enquanto você economizou com o hotel, é essa a hora em que você vai gastar...


Onde comer e curtir em Campos do Jordão


Mercearia

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook


O Merceria fica na rua principal do bairro Capivari que contei para vocês no primeiro post, a Djalma Forjaz. É um restaurante e bar com música ao vivo, luzes que deixam o clima aconchegante e uma grande varanda, na qual você consegue observar o movimento da rua. A comida é de excelente qualidade. Nós temos o costume de chegar em Campos e ir direto para lá, comer um rodízio de fondue. Acontece que já se passaram dois anos e meio desde a última vez que fomos para Campos, e não sabíamos que a cidade tinha uma nova conduta: festival de fondue é limitado (você não pode pedir mais queijo, por exemplo) e rodízio é tudo a vontade. No Mercearia, é festival. São 150g de carnes variadas (o que percebemos que se convencionou na cidade ser carne vermelha, frango e linguiça), 150g de queijo (no caso deles acompanha batata frita e pãozinho) e 150g de chocolate (no deles acompanham frutas). Honestamente, para  um casal e um preço grande, achei pouco. O queijo é uma delícia, o chocolate bem cremoso, mas saí com a sensação de que poderia comer mais. Vale a visita pela qualidade, pelo clima e pela música ao vivo, mas deixei naquele papelzinho que querem tanto que a gente preencha sobre sugestões que precisamos de mais fartura para encher a pancinha, pois é tudo muito caro. Sim, sou dessas. Podem ter vergonha alheia de mim. Hahahah






Baden Baden

Reprodução/Facebook


O Baden Baden é quase um ponto de referência em Campos. Também fica na Djalma Forjaz, de frente para o Mercearia, e é aquele restaurante/bar que você vê nas matérias sobre Campos do Jordão: mesas na calçada com um guarda-chuva, muita gente falando ao mesmo tempo e muita fila de espera em alta temporada ou feriados. É daquele tipo de lugar que você precisa passar, quase um passeio turístico. É especializado em comida alemã e cervejas, mas você pode adaptar o cardápio para o seu paladar e beber alguma outra coisa caso não goste de cerveja - meu caso. A linguiça de metro recheada de queijo deles é daqueles pratos que você precisa experimentar caso vá para Campos. Ela vem com pãozinho e vinagrete da casa e sua luta para comer antes que o queijo queime por causa do rechaud vale muito a pena!



Mas fica registrada uma reclamação: falta acessibilidade. 

Chegamos em Campos e tentamos ir comer no Baden Baden no feriado do dia 15 de novembro. Ainda era sexta-feira a noite e a cidade não estava cheia, mas a casa já estava com fila de espera. Ok. Fomos nos informar sobre como fazíamos para conseguir uma senha. Depois de ser passado de funcionário para funcionário, descobrimos que teríamos que subir umas escadas e pegar a senha no andar de cima. E só tinha a opção de ir  de escada. Não tinha rampa, elevador, nada. Como vocês sabem, já que já contei no Instagram e no Snapchat, eu estava com alguns problemas de mobilidade decorrentes de duas fraturas, o que me impossibilita até hoje de algumas coisas, como subir escadas. Tentamos explicar isso para os funcionários e a resposta foi: "você não pode subir segurando o corrimão?". 👀 Falta acessibilidade e boa vontade para lidar com o público. Acabamos indo no Baden Baden só no dia 15, fim do feriado, com o bairro literalmente às moscas, porque já tínhamos passado por todos os restaurantes que gostamos. Mas o despreparo da casa e dos funcionários fez com que não tivéssemos a menor vontade de comer por ali.

Vemaguet 67


O Vemaguet 67 também fica na rua principal e foi uma das melhores surpresas que surgiram em Campos nos últimos anos. Ele tem pouco tempo de vida, um pouco mais de 2 anos, mas já é parada obrigatória. É um bar com temas automobilísticos, música ao vivo e comidinhas e bebidas servidas de modo diferenciado. Os preços são mais justos do que nos outros bares - talvez por ser novo e precisar de público -, mas ainda em um nível Capivari - você vai desembolsar muitos dinheirinhos. Minha dica é a canja, que eu me apaixonei há 2 anos e voltei louca para tomar - em Campos você tem a licença poética do frio para comer canja em restaurante hahahahaha -, a porção de mini hamburguer - DELICIOSA - e o rodízio de fondue deles, que é uma novidade no cardápio. Aliás, lá você pode repetir quantas vezes quiser e é uma delícia! O queijo é de uma qualidade excelente e o de chocolate dá vontade de comer de colherzinha de tão cremoso e gostoso! E vem com marshmallow! As caipirinhas deles têm combinações diferenciadas e são servidas em copinhos divertidos. Vale muito a visita!







Safári

Reprodução/Facebook


O Safári fica também na rua Djalma, com vista para o movimento da rua, música ao vivo e clima aconchegante. Eles tem um cardápio maior e mais diversificado de porções - peçam a de bolinho de arroz - além de um fondue muito bem servido. Esse ano descobrimos uma coisa nova neles: a linguiça recheada. Ela é bem recheada, vem com pãozinho e não perde em nada para a do Baden Baden! A caipirinha também é bem gostosa e a carta de vinhos boa. É menos disputado do que os outros da rua, mas às vezes rola uma fila de espera. Vale a visita!





Pastelão do Maluf

Reprodução/Site

Reprodução/Site


Esse fica na av. Macedo Soares, que é quase a "segunda rua principal". O pastel é tão famoso que você passa por inúmeros outdoors pelo caminho te chamando para ir até ele. O que ele serve? Pastel. Simples assim. É como se fosse um fast food, os lugares são simplesmente para você sentar, comer e sair, não para ficar lá passando o tempo. Olha, eu não sei se é realmente do Maluf o pastel, mas entre as fotos de famosos comendo o pastel gigante, tem dele! Hahaahah. É um pastel grande, por um preço um pouco maior do que um pastel de feira - que anda caro, hein? -, muito bem recheado e com um recheio muito bem feito. É para aquela refeição que você não quer se empanturrar de fondue, pois vai fazer isso mais tarde. Vale o investimento!




Villa di Phoenix

Reprodução/Facebook


Esse espaço foi reformado e se tornou um dos lugares mais animados de Campos! Tem música ao vivo e um espaço com pista para fazer uma baladinha mais a noite. Serve porções bem caras em comparação ao resto dos restaurantes, mas a pegada de barzinho/balada atrai muita gente. Seria o lugar para você ir para curtir um pouco mais a noite de uma forma não tão romântica quanto nos outros restaurantes. Mas vale a visita, porque realmente é bem animado!




Depois de falar dos restaurantes que vendem de tudo, agora preciso falar dos dois lugares mais especiais de Campos que você vai levar a melhor lembrança para casa: chocolate!

Toco Chocolate

Toco Chocolate é uma loja de chocolates que cobra o preço por gramatura um pouco mais em conta. Os chocolates são de extrema qualidade, bem diversificados e você precisa voltar para casa com pelo menos uma barrinha e uma rama para você! Você também pode levar bombons e trufas para sua família ou até mesmo doces caseiros! Para comer por lá, eles vendem um fondue de chocolate com frutas - morango e/ou banana - de comer abraçado à máquina de chocolate. É cremoso, saboroso e você vai querer um por dia. É para deixar o estômago bem feliz!




Montanhês

Montanhês já é conhecido pelos amantes das gordices como o "chocolate de Campos do Jordão". É um chocolate mais fino, mais caro e mais trabalhado, mas que vale um investimento para experimentar. O fondue deles tem um gostinho mais gourmet do que os demais, então o investimento em uma tarde em um fonduezinho de chocolate do Montanhês tem que acontecer. Você pode dividir com sua alma gêmea que dá para comer tranquilamente! A versão só com morangos custa R$ 30. E se levar um chocolate desses de presente para alguém, é muita prova de amor!





Anotadas as dicas?

Na próxima semana a gente fala um pouco sobre como turistar por Campos. Sim, têm pontos turísticos além dos gastronômicos para você ir! Depois de encher a pancinha com estilo, é bom gastar umas calorias...



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Atenção

Debaixo do Guarda-Chuva é um site de entretenimento e lifestyle. A reprodução do conteúdo do site é permitida, com os devidos créditos. Se tiver alguma dúvida entre em contato com blogdebaixodoguardachuva@gmail.com.

Manifeste-se

Dúvidas, sugestões, reclamações, elogios, desabafos e nudes, envie e-mail para blogdebaixodoguardachuva@gmail.com

Debaixo do Guarda-Chuva Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota,Programação Emporium Digital, Logo, Banner e Identidade Visual Studio Grazie